Receber amigos para um jantar em casa geralmente é uma delícia. Pensar  no cardápio, preparar a mesa, escolher uma bebida e geralmente convocar alguém pra levar a sobremesa é uma rotina básica. Mas imagine receber um convidado ilustre, alguém especial e que você quer causar uma boa impressão. Dá um pouquinho mais de trabalho, certo?

Cristeta Comerford (sim, ela tem o verbo no sobrenome) é especialista no assunto. Ela é a chefe da cozinha da Casa Branca, responsável pelas refeições da família Obama e também pelo cardápio dos convidados.

Em março ela foi responsável pelo jantar de gala oferecido pelo carismático presidente para o primeiro ministro britânico, David Cameron, e uma listinha básica de 362 convidados que incluia amigos como George Clooney e Anna Wintor.

Fora os elogios, gracinhas e todo tipo de protocolo da Casa Branca, o interessante mesmo para os gourmands é poder entrar na cozinha para ver o que foi preparado para os comensais. O vídeo “Behind the Scenes: Preparing The United Kingdon State Dinner” dá uma ideia do tamanho da equipe envolvida no preparo dos jantar, a mega estrutura da conzinha, a hortinha do quintal e o doce preferido do presidente!

A foto é da Reuters.

Pra quando se está sozinho, mas a gula é grande. Ao invés de fazer duas tortas, dá pra fazer duas metades diferentes.

Solução do The Spoon Sisters.

Do From Me To You.

Até o dia 13 novembro está rolando em Paris o Festival International de la Photographie Culinaire. O tema não poderia ser mais saboroso:  comida de rua. Passear pela fotos que participam da competição oficial é de dar água na boca.

Izabelle Rozenbaum, da França.

Maurizio Vezzoli, da Itália.

Sérgio Coimbra com muita brasilidade no portfólio.

O  peruano Mario Silva Corvetto.

O trabalho do francês Frédéric Verhoye.

Feriado de Finados no meio da semana e a programação não podia ser mais especial. Almoço de El Día de Los Muertos na Casa dos Cariris, restaurante de ocasião comandado pela “cozinheira atrevida” Lourdes Hernández e o artista plástico Felipe Ehrenberg. De ocasião porque o casal abre a casa, cozinha e simpatia somente em ocasiões especiais e quando a cozinheira decide criar um cardápio para receber convidados.

A data não poderia ser a mais adequada para experimentar os pratos da mexicana que cria divinos pratos com chilis de todos os tipos. Foi a terceira vez que provei as receitas da Lourdes e com certeza a mais especial.

A casa enfeitada com os tradicionais papéis picados mexicanos importados para a ocasião e a mesa com as oferendas aos mortos enchia os olhos dos comensais que aguardavam ansiosamente a chegada dos pratos. O cheiro que se sentia logo que se adentrava a sala abria o apetite instantaneamente.

O cardápio para honrar os mortos era composto por uma variedade de Tamales, uma massa feita à base de milho muito parecida com a nossa pamonha,  com diversos tipos de acompanhamentos, recheios e molhos. Experimentamos três deles e a sensação era sempre a de ter acertado o prato. Do picante ao adocicado, do adocicado ao aromático, do aromático ao inusitado. Sem falar da indefectível salsa que acompanha a porção de Guacamole com Totopos. Em um dado momento eu já não conversava mais, a boca mastigando e o nariz fungando de tanto picante.

Mais uma vez não pude resistir às Margaritas (sim, no plural) de tequila com tamarindo, perfumadas e com um sabor que vai sempre me lembrar àquela sala de jantar. De tão entretida com a salsa acabamos perdendo a sobremesa, mas conseguimos superar isso enebriados de pimenta. Pra fechar, uma dose de Mezcal escolhida por quem entende do assunto.

Bastou o almoço para instituir uma nova tradição no meu mundo. Dia de Finados agora será para sempre El Día de Los Muertos.

PS: as fotos dos pratos ficaram para a próxima ocasião. A fome e desejo eram tamanhos que só conseguimos ligar a câmera depois de saciados.

Bem no clima de sexta-feira e de Juicer Walita, deixo aqui  Periodically Double Or Triple. A musiquinha fofa do Yo La Tengo tem esse clipe delicioso, em vários sentidos.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.