Era pra ser uma receita simples de Steak au Poivre que aprendi no programa do Olivier Anquier há bastante tempo e até já havia colocado em prática um bocado de vezes com sucesso.

Entre os convidados, amigos  de uns três diferentes cantos do país que já haviam visitado a França, mas ainda assim poderiam ficar encantados com o menu. O problema é que havia um legítimo parisiense entre nós que podia colocar tudo a perder e entregar minha falta de habilidade na cozinha. Como amadora sempre escolho receitas simples e saborosas que tenham um ar elaborado, complexo, assim fica menos difícil agradar. Mas lá estava o francês para me colocar à prova e me deixar ainda mais nervosa do que já costumo ficar quando preciso cozinhar pra mais de quatro pessoas.

Não deu outra. Quando Guillaume perguntou qual era a proposta do jantar não hesitei: “um prato típico brasileiro. Moqueca de carne”.

Agradecimento  à todos que compacturam, comeram e nem reclamaram. Rafaela Siqueira, Rafael Galvão, Paulo Inoue, Marina Rossi, Ivan Martins (chegou ao final, nem provou mas deu o ar da graça). Agradecimento especial à Vanessa por sempre topar juntar amigos em casa, dividir comigo o esforço em volta das panelas e nem ficar brava quando quase coloco fogo no fogão. E,  claro, ao Gui, que mesmo muito desconfiado comeu e ainda fez cara de satisfeito.

Anúncios