Ela sempre lembra daquele dia que cozinharam juntos. Ele cozinhou, na verdade. Cansados de uma semana daquelas, preparou pra ela o jantar. Ela ajudava aqui e ali. Ficava o observando entre as panelas, animado em criar um prato com o ingrediente novo descoberto pela manhã. As mãos iam firmes, diretas, e o jantar sendo construído diante dela. Ele contava um monte de bobagens pra fazê-la rir e tinha pressa porque ela tinha fome. Ela esquecia a fome, fascinada em vê-lo cortar, mexer, refogar. Não foi a primeira e também não foi a última vez que ele preparou o jantar, mas foi naquele dia, com aquele cheiro e aquele gosto, que ela decidiu se casar.

Foto de Kelley K.

Anúncios