A fotógrafa americana Kirsten Hively devia estar meio à toa na vida quando resolveu clicar o primeiro neon de Nova York e se deu conta de que eles estão espalhados por todos os cantos da cidade há anos. A partir daí ela criou o Project Neon, que reúne imagens, endereços e histórias de todos os estabelecimentos iluminados que ela encontra pela cidade.

E, quando se fala de Nova York, (eu não conheço “pessoalmente”)  é de conhecimento geral  que há um restaurante em cada esquina. E não é só maneira de dizer. Só em Manhattan há mais de dois mil lugares pra comer. De uma fatia de pizza à alta gastronomia francesa na mesma rua.

Entre os neons e histórias está o Fedora Bar, que existe desde 1950. O lugar foi reinaugurado no início do ano e tem na fachada um luminoso que é réplica fiel do original.

A partir das fotos Kirsten criou um aplicativo para celular. Dá pra procurar o que comer pelo neon mais legal quevocê encontrar.

Anúncios